2 de maio de 2008

Dia do Trabalhador

atualizada 02/05/08 as 14:29
"Não tô no palco, mas no asfalto eu sou um artista"
Cantor, compositor, caminhoneiro, taxista, marinheiro promovido a capitão, e até mecânico são algumas das profissões de Roberto Carlos. Nasceu cantando, partiu para a escrita, depois trabalhou numa oficina de carros e mudou até de nome para que ninguém o conhecesse, o chamavam naquela época de Lalo. Alguns anos de experiência com carros ele virou "O caminhoneiro" que movimenta o país. Depois que conheceu o amor de sua vida teve uma perversa obssessão, que até no seu trabalho sentia o perfume dela. Dentro de seu taxi ele ouviu todo tipo de conversa. Mas recentemente ele cansou dos carros e partiu para uma paixão antiga: O Mar. Começou como Marinheiro num navio pequeno e hoje já é Capitão com direito a trabalhar somente um temporada por ano no maior transatlâtico europeu. Nas horas vagas é Crooner de um barzinho chamado: Brasil. E Acredite, ele ainda não cansou da rotina do seu dia. Robertos, Caminhonheiros, Taxistas, Marinheiros, Capitães, Blogueiros, Josés, Marias... Nesse mundo todo mundo é alguém.
"Não importa qual a cor do homem Como ele se veste, de onde vem Dentro de um castelo ou de um barraco Ele é alguém com o que tem" Todo mundo é Alguém Roberto & Erasmo (1988)

4 comentários:

  1. Everaldo Farias01 maio, 2008 09:40

    Parabéns pra você também Felipe, primeiro pela belíssima reportagem resgatando as "profissões" do artista mais amado do planeta e depois por você também ser esse trabalhador brasileiro que vive de fé e suor como todos nós!

    Blog Música do Brasil
    www.everaldofarias.blogspot.com

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  2. Todo Mundo É Alguém_uma grande canção. Depois em 1992, Herói Calado. E outras citadas.
    Beijos, Lipe.
    Leda Martins.

    ResponderExcluir
  3. Valeu patrão !!!
    Bacana essa aí. Mas, que Pedro foi esse? Não reconheci não...

    Abraços
    www.rcbraga.vai.la

    ResponderExcluir
  4. Excelente essa matéria, onde você Lipe, em homenagem ao Dia do trabalhador e ao próprio Roberto, que apasar de ter vivenciado realmente ou ficticiamente experiências de algumas profissões citadas, a sua rotina é incansável na labuta do dia-a-dia.

    Em suas canções bem citadas aqui, o Rei valoriza o trabalhador em qualquer profissão, mostrando nos versos e estrofes de suas canções, que o Lipe através de sua criatividade, nos repassou muito bem.

    Beijos da amiga.

    Mazé Silva.

    ResponderExcluir

Essa seção é a sua ligação com a Administração do Blog Rey Roberto Carlos. Deixe sua opinião sobre o site, a matéria e mande seu recado.

Blog Rey Roberto Carlos

Busca